Microdermopigmentação Capilar X Transplante de Cabelo: Qual é a Melhor para Tratar a Calvície?

Desde 2015 houve um crescimento na procura da microdermopigmentação do couro cabeludo para disfarçar a calvície.

Um desses motivos foi a divulgação desse método em canais populares de televisão. A microdermopigmentação é um método de tatuagem da pele da cabeça. Existem vários métodos, mas todos introduzem pigmentos na camada entre a derme e epiderme.

Algumas clínicas prometem a possibilidade de retirada do pigmento caso a pessoa não goste do resultado. Mas a retirada é dolorosa e muitas vezes ineficiente. Então, como qualquer tatuagem, deve ser bem pensada antes de fazer.

Na nossa clínica de Implante Capilar (Transplante Capilar) em Brasília DF, recebemos cada vez mais pacientes com insatisfação do resultado da Microdermopigmentação. As reclamações costumam ser as seguintes:

  1. A pigmentação não dá volume;
  2. Não há aspecto de 3D como as propagandas prometem;
  3. Mesmo fazendo “fios” de pigmentação, a tatuagem é perceptível;
  4. A coloração não tem nada se semelhança com o cabelo. Com o envelhecimento os cabelos grisalhos aparecem e ocorre uma grande diferença entre cabelos e couro cabeludo;
  5. Após um determinado tempo houve alteração da cor da tatuagem.

Essas são algumas das reclamações comuns. Geralmente o sentimento é de arrependimento.

Os motivos de alguns homens procurarem para fazer dermopigmentação na calvície são:

1. O custo da microdermopigmentação é menor,

2. Medo da anestesia para realizar o transplante capilar.

O resultado da cirurgia de implante capilar é muito natural na atualidade, desde que realizada por equipes experientes. O resultado é permanente, há volume e aspecto 3D.

A anestesia para realizar a cirurgia é local com ou sem sedação. É uma cirurgia demorada, mas com baixos riscos.

A microdermopigmenteção tem sua função: disfarçar pequenas cicatrizes no couro cabeludo, melhorar aspectos de discromias (diferenças de coloração) da pele e dar silhueta para a sobrancelha.

Saiba mais: Micropigmentação 3D promete camuflar barba falhada; conheça

Vamos mostrar algumas perguntas que fazem na nossa clínica de transplante capilar em Brasília-DF:

A Microdermopigmentação parece uma boa técnica quando é realizada na televisão, mas fica bom quando visto ao vivo?

A filmagem não mostra aparência de volume por ser uma imagem achatada (2D).

A princípio, a visão é que não há calvície, mas quando visualizada ao vivo, a dermopigmentação é como qualquer tatuagem, só que sem desenho.

Pacientes que se arrependeram de fazer a microdermopigmentação podem realizar o transplante de cabelo? Nesse caso o transplante é uma boa alternativa?

Sim, o transplante de cabelo pode ser realizado na área da tatuagem ou pigmentação. Aliás, é a forma mais adequada de tampar o efeito sem volume da tatuagem feita anteriormente. Vamos mostrar um exemplo de microdermopigmentação:

microdermopigmentacao

Porque a mídia tenta substituir a cirurgia pela microdermopigmentação?

É difícil mesmo ter discernimento do que realmente funciona. Mas há um apelo muito grande de procedimentos simples e não cirúrgicos como forma rápida de resolução dos problemas médicos.

Calvície é uma doença e deve ser tratada por médicos. Veja outro caso que procurou nossa clínica descontente com a dermopigmentação:

microdermopigmentacao capilar

Há casos em que a Microdermopigmentação possa ser útil?

Na nossa clínica de implante capilar, costumamos indicar a microdermopigmentação para situações de cicatrizes pequenas de couro cabeludo, complementações de pequenas regiões de pacientes já operados que tenham área doadora ruim. Outra situação é a complementação de implantes de sobrancelha. Nunca indicamos para pacientes com Alopécia Androgenética ou para área da barba (orientamos implante de barba).

O que é a Microdermopigmentação? Tem diferença com a Tatuagem?

Apesar de muitos insistirem que não é uma tatuagem e que os corantes sejam diferentes, essa técnica de fato é uma tatuagem.

Como em qualquer tatuagem, é infiltrado um pigmento (pode ter várias origens) que fica pigmentando a camada dérmica da pele.

O aparelho é o mesmo da tatuagem. Usa agulhas, injeta pigmento e dói. Então qual é a diferença? A diferença que a tatuagem é feita com um tatuador e a microdermopigmentação com um esteticista.

Ter feito anteriormente a microdermopigmentação impede a cirurgia de transplante capilar para corrigir a calvície?

Não. Felizmente não há comprometimento da vascularização do couro cabeludo. Pode ser realizado o transplante como em qualquer outra pele.

A microdermopigmentação é um método de tatuagem que tem seu uso na estética. Mas seu uso tem se estendido para resolver problemas de calvície que não possibilitam bons resultados com essa técnica.

Quem tem calvície deve procurar um bom cirurgião plástico que saiba fazer implante/transplante capilar com resultado natural fio-a-fio. O transplante capilar é uma cirurgia segura e feita com anestesia local.

Os fio transplantados irão mudar suas características e ficar grisalho com o resto dos cabelos. Muitos pacientes nos procuram em Brasília para resolvermos os problemas graves causados pela microdermopigmentação.

Caso a calvície seja seu problema, procure nossa clinica marcando uma consulta no 61 3361-1644.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *