Alimentos contra queda de cabelo – Como prevenir e controlar a queda

Dê o seu voto

Alimentos contra queda de cabelo – Como prevenir e controlar a queda – Temos discutido muito sobre os fatores que influenciam na queda do cabelo. Sem sombra de dúvidas, a alimentação é um fator primordial para a preservação dos cabelos.

A nossa fábrica de cabelo chama-se Bulbo, que também é chamada de raiz do cabelo. Essa fábrica de cabelos necessita de matéria-prima e boas ferramentas para realizar sua produção.

O cabelo é constituído principalmente de uma proteína chamada queratina. São basicamente 3 camadas que constituem o cabelo. A mais externa  possui escamas de células mortas feitas de queratina.

Os produtos a base de queratina não aumentam a estrutura dessas escamas e assim não trazem benefícios para melhorar a constituição proteica do cabelo.

Apesar de existirem tantos xampus e produtos à base de queratina, não há melhora comprovada na estruturação ou crescimento do cabelo conforme muitas propagandas alegam.

A melhor forma de melhorar a estrutura do cabelo é dando “ferramentas e matéria-prima” para a formação da queratina.

A proteína de queratina é formada por uma série de aminoácidos e necessita da ajuda de algumas vitaminas e sais minerais para sua síntese. Assim, uma alimentação bem direcionada pode favorecer a saúde do cabelo.

Da mesma forma que existem alimentos que ajudam os cabelos, há alimentos que os prejudicam.

Vamos então esclarecer um pouco sobre cada alimento e seus valores nutricionais para o crescimento do cabelo e relacioná-los com os alimentos para queda do cabelo.

O cabelo pode cair e deixar de crescer por vários fatores. Doenças podem acelerar a queda: hipotireoidismo, diabetes, ovários policísticos, hipotireoidismo e anemia são as mais comuns. Destas, a anemia é a mais frequente causa na mulher.

O excesso ou descontrole menstrual pode causar uma perda importante de sangue e estabelecer a anemia.

Outras causas de queda de cabelos são as genéticas. A calvície genética pode afetar homens e mulheres. É conhecida como Alopécia Androgenética Masculina nos homens e Alopécia Androgenética Feminina nas mulheres.

Por ser genética, não existe cura. Mas devemos fazer o controle da calvície. E a alimentação e a nutrição adequada fazem parte dessas medidas.

Quais os principais alimentos que aumentam a queda de cabelo?

Alimentos oleosos como frituras, comidas gordurosas e excesso de açúcar podem aumentar a queda. Esses alimentos aumentam a oleosidade e o risco de dermatites do couro cabeludo. O açúcar em excesso pode levar a picos de glicemia no sangue.

Esse descontrole da glicemia pode desencadear aumento da velocidade do ciclo e aumento da queda.

Alimentos contra queda de cabelo

Alimentos contra queda de cabelo – Quais são os alimentos que e ajudam a combater a queda de cabelo?

Os alimentos contra queda de cabelo e que ajudam no combate e auxiliam na prevenção são:

Carnes: de forma geral as carnes possuem proteínas importantes para a síntese da queratina.

Aconselhamos comer carnes mais magras, evitando as frituras e os cortes mais gordurosos. A carne vermelha é extremamente importante para o fornecimento de ferro, evitando assim a anemia.

A carne de peixe tem a vantagem de apresentar muita concentração de ômega 3.

Ovos: são ricos em aminoácidos importantes para o cabelo. Possui também vitamina A e D, zinco e selênio.

Sementes e amêndoas: além de serem ricas em sabores, apresentam uma concentração elevada de vitamina E, magnésio e muitas proteínas.

Muito tem se falado sobre as propriedades antioxidante (antienvelhecimento) desses alimentos. Os mais populares no Brasil são as nozes, amendoim e castanha do Pará.

Cereais (de preferência de forma integral): há muita confusão de qual é a classificação dos cereais. Vamos citar os mais conhecidos: aveia, arroz, milho, trigo, chia, quinoa. A casca desses grãos é rica em sai minerais como selênio, magnésio e potássio.

São ricos em carboidratos, portanto, o consumo exagerado pode elevar o peso. Sugerimos o consumo diário de granola, principalmente se for enriquecida com as sementes e amêndoas.

Alimentos ricos em vitamina C e cítricos: vamos citar alguns alimentos para queda de cabelo: o pimentão amarelo, laranja, acerola, cajá e limão. Essas frutas, além da vitamina C, possuem alto teor de ácido fólico, cálcio e magnésio. Por serem cítricas, facilitam a absorção de ferro e evitam a anemia.

Feijão e lentilhas: ricos em proteínas. O feijão é uma conhecida fonte de ferro, evitando a anemia. Possuem ainda grande quantidade de vitamina B e ácido fólico.

Quais são as vitaminas que evitam a queda do cabelo?

Alimentos contra queda de cabelo – De todas as vitaminas a C parece ser a mais importante. Mas devemos citar também as vitaminas do complexo B e a vitamina A.

Em qual situação já devo procurar um especialista se houver queda do cabelo?

Se você tem queda capilar, faz uma dieta balanceada como a mencionada anteriormente; então continue com a dieta, mas procure um especialista.

Existem outras causas que podem colaborar com a queda. O diagnóstico precoce da causa pode evitar calvícies precoces.

Comece a ser autossustentável também! O seu cabelo agradecerá! A globalização tem falado tanto em auto sustentação e pensamos pouco sobre o quanto isso pode nos afetar.

A indústria dietética tem criado muitos alimentos, mas à custa de conservantes, corantes, aromatizantes, ciclamatos, etc.

Tudo isso faz mal para o seu cabelo! Tente evitar esses alimentos. Seja mais “natural”. Tente alimentar-se com alimentos menos processados. Retome alguns costumes de nossos antepassados.

Com certeza seu cabelo ficará mais propício a crescer e ter uma aparência melhor.

Dieta e cabelo fazem parte da beleza. Melhore alguns costumes seus e dê uma adequada na sua alimentação.

Se tiver dúvidas e problemas com o seu cabelo, procure um especialista. Quer marcar uma avaliação com nossa equipe?

Clica nesse link QUERO AGENDAR UMA AVALIAÇÃO. Você será atendido por quem é sério, competente e responsável.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *